Palavrinhas de

mãe para mãe

Blog da Mamãe Colibri

3 dicas para facilitar a volta ao trabalho depois da licença-maternidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on telegram
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Essa mudança de rotina pode ser mais tranquila para você e seu bebê! Veja como.

Voltar ao trabalho após passar tanto tempo grudada no bebê é um desafio e tanto para qualquer mamãe. Este é um momento que muitas dúvidas acabam aparecendo, como: vou conseguir voltar ao ritmo de antes, e será que meu bebê vai sentir minha falta? Isso sem falar na culpa de deixar o pequeno com uma babá ou na escola.

Mamãe, eu, Dr. Colibri, estou aqui para te dizer que essa angústia é normal e que, com algumas dicas, é possível passar por esse momento com muito mais tranquilidade! Confira abaixo:

Passos de bebê

Para a mudança não ser tão brusca nem para você e nem para o bebê, comece a adaptação no berçário, na casa da avó ou com a babá cerca de um mês antes do fim da sua licença. Dessa forma, você também tem mais tempo para avaliar qual a melhor alternativa.

Além disso, deixe as crianças com os futuros cuidadores um pouquinho a mais cada dia. Você pode, por exemplo, passar uma hora longe e ir aumentando gradativamente.

Mas e a amamentação?

Caso seu bebê ainda mame no peito, o recomendado é que você tire um tempo durante o expediente para retirar o leite com uma bombinha extratora. Assim, você alimenta o pequeno antes e após o trabalho e, durante o dia, ele recebe o que ficou armazenado em casa. Lembrando que a retirada deve ser feita em condições adequadas de higiene e que o leite materno tem validade de 24 horas. Quando congelado, o prazo se estende para quatro ou cinco dias.

Confie nas suas escolhas

Independentemente de onde ficará o seu bebê, tenha a certeza de que você fez o melhor que pôde para que ele seja bem cuidado em sua ausência. Foque seu pensamento em como ter uma carreira é importante para você, afinal, mãe realizada tem crianças felizes!

Fontes: Crescer, Sempre Família

Compartilhe suas experiências nos comentários dos artigos/vídeos e ajude outras mamães que passam pelas mesmas situações que você! #UnidasSomosMaisFortes

Receba nossos conteúdos por e-mail