Mundo Colibri » » A importância do Cálcio na Infância

A importância do Cálcio na Infância

Nutrição

20/07/2018

A ingestão adequada de cálcio é essencial na infância, pois os ossos e dentes estão se desenvolvendo intensamente nessa fase.

Nos primeiros anos de vida, é muito importante que as crianças sigam uma alimentação rica em cálcio. Isso porque esse nutriente é necessário para a mineralização óssea adequada e manutenção do osso em crescimento.

No entanto, apesar das orientações de profissionais da saúde sobre este mineral, alguns estudos demonstram que o consumo de alimentos que contenham cálcio é baixo, mais especificamente na idade de desenvolvimento físico. O problema é que essa carência pode, no futuro, causar déficit de crescimento ou até doenças ósseas.

Consumo de cálcio por crianças brasileiras

No Brasil, um estudo realizado com crianças e adolescentes de escolas públicas avaliou o consumo de cálcio e descobriu que a média consumida diariamente deste mineral não foi significativamente diferente entre meninos e meninas, estando, nos dois casos, perto de 50% do recomendado. No entanto, somente 6,2% dos meninos e 2,8% das meninas apresentaram consumo adequado do nutriente.

Dessa forma, é importante salientar a importância de adequar a dieta dos pequenos e orientar pais e cuidadores para que eles consumam alimentos ricos em cálcio. Dentre os que se destacam, estão o leite e seus derivados (iogurte e queijo).

Confira a lista dos principais alimentos que contém cálcio:

 

  • Alimento (100g)
  • Cálcio (mg)
  • Leite de vaca 113
  • Leite de cabra 134
  • Iogurte natural 121
  • Queijo tipo mozarela 505
  • Queijo tipo ricota 207
  • Queijo tipo minas/frescal 579
  • Queijo tipo parmesão 992
  • Requeijão cremoso 259
  • Creme de leite 105
  • Espinafre cru 99
  • Espinafre cozido 136
  • Couve crua 145
  • Couve cozida 140
  • Agrião cru 120
  • Rúcula crua 160
  • Sardinha assada 438

 

Recomendações de cálcio segundo a RDA:

1 – 3 anos 500 mg

4 – 6 anos 600 mg

7 – 10 anos 700 mg

 

Fontes: 

Agência de Vigilância Sanitária – Legislação em Vigilância Sanitária – Resolução de Diretoria Coligada – RDC nº 269, de 22 de setembro de 2005 
Tabela de composição química dos alimentos da UNIFESP; Tabela brasileira de composição dos alimentos.

Aline Ripoll Tedesco – Nutricionista Clinica – CRN 3 5699



COMPARTILHE

Facebook Twitter Mail

« Voltar

Você também vai gostar de ler: