Viajar com bebê até 1 ano – como se preparar

Dicas

04/12/2019

As mamães que amam viajar podem ter receio de abandonar as malas e os roteiros após o parto. Mas é possível sim viajar com o pequeno! Veja como se preparar.

Você é aquele tipo de pessoa que, como eu, desfaz as malas de uma viagem já pensando na próxima e sonha em conhecer a maior quantidade possível de lugares? Calma, mamãe, existe sim viagem pós-parto! Claro que existem alguns cuidados necessários para garantir a segurança e o conforto do pequenininho, sem abrir mão da nossa diversão, é claro! Aqui, você vai conferir todas as dicas para viajar com nossos bebês de menos de um ano.

Escolha o destino certo

Se você já conversou com seu pediatra sobre o assunto, provavelmente ele já te disse que não é recomendável passar protetor solar no pimpolhinho antes dos 6 meses. A pele dele ainda não está preparada para isso e pode apresentar alguma alergia bem chata. A gente não quer isso na viagem, né?

Sendo assim, é melhor deixar praias e locais com muito sol pra depois. Que tal explorar lugares com clima mais para o frio (não no inverno, pra não judiar do bebê) ou com clima mais ameno? Tenho certeza que o pequeno vai ficar pura elegância nas fotos!

Durante o trajeto

Cuide sempre da segurança. Bebês com menos de um ano precisam andar de carro em cadeirinhas voltadas para o vidro traseiro. Acomode seu tesouro bem confortável e bora pegar a estrada!

Se a viagem for de avião, amamente durante a decolagem e o pouso. Isso pode evitar possíveis dores de ouvido e chorinhos desesperados que partem o nosso coração e deixam a gente sem saber o que fazer.

Uma coisa que sempre me ajuda é ter brinquedos durante a viagem, pra poder distrair o bebê quando ele ficar inquieto. Mas lembre-se de levar objetos pequenos e práticos e use a criatividade para transformá-los em pura diversão. Afinal, já temos o bebê para carregar, não é boa ideia ficar com muita coisa na bolsa.

Bebês de até 1 ano precisam descansar

Como você bem sabe, os recém-nascidos dormem várias horas por dia. E, às vezes, dentro do carro, podemos pensar que ele está dormindo e sonhando com nuvens brancas e fofinhas no bebê-conforto. Mas olha só o que descobri: o sono dos pequenos dentro do carro não é a mesma coisa. Pra nós mesmas, pode ser desconfortável. E para os pitucos não é diferente. Então, não se surpreenda se, depois de horas dormindo, ele acordar um pouco irritado e com carinha de cansado.

Dependendo do tempo da viagem, o mais recomendado é parar em hotéis ou casas de conhecidos no caminho para o bebê poder descansar e recuperar as energias. Assim, toda a família aproveita melhor a viagem.

Outra coisa para gente se preparar é que não vai dar pra conhecer vários lugares no mesmo dia. De novo, por causa do cansaço do bebezinho. Para os pequenos, tudo é estímulo: cores, sons, pessoas. E eles se sentem cansados de tudo isso. O jeito é escolher poucas atrações por dia e aproveitar bastante cada uma delas.

Pense que você vai precisar de mais tempo – e programe mais tempo ainda!

Os bebês nessa fase precisam ter uma rotina definida de alimentação e soninho. Mas nem sempre isso é tão previsível. Pode ser que o anjinho tome banho, mame, arrote e pegue no sono em 10 minutos e pode ser que isso leve 40 minutos. Você sabe bem do que eu estou falando, né?

Assim, pode não dar certo planejar cada detalhe da viagem ou programar atividades com hora marcada. Nem por isso, precisamos nos desanimar. É só respeitar as necessidades do bebê e deixar tudo se desenrolar de forma natural.

O que levar?

Vestuário

Os bebezinhos de até um ano podem golfar, fazer bagunça na hora da papinha e se sujar melhor do que ninguém. Se levarmos poucas peças, vai acabar rapidinho. Então, uma dica é pensar assim: coloque a quantidade de roupas que o bebê usa por dia + duas peças. Melhor sobrar do que ter que ficar lavando as roupinhas durante a viagem, não é mesmo?

Medicamentos

Outro item indispensável é uma necessaire com remédios. Vale a pena conversar antes com o pediatra para saber quais são os medicamentos essenciais. Mas, no geral, a gente precisa sempre ter remedinhos para gases, pomadas e cremes para aliviar as assaduras e soros fisiológicos.

Para o xixi e o cocô

Fraldas e lenços umedecidos são fáceis de achar. Aí, dá pra economizar espaço na mala e deixar pra comprar em supermercados ou farmácias na cidade de destino. Mas não esqueça de levar sacolas ou sacos plásticos para colocar as fraldas sujas.

Transporte

Já falamos da cadeirinha ou bebê-conforto para a viagem. Mas, para os passeios, o ideal é um carrinho ou carregador do tipo canguru. Ficar com o bebê no colo por muito tempo pode ser cansativo para nós e para o papai.

Para a hora de dormir

Muitos hotéis possuem berços, por isso é bom procurar se informar. Do contrário, você pode optar por um bercinho portátil. Eles são super fofos e, se você é uma mamãe aventureira e que adora viajar como eu, vai usar bastante!

Para o baby não passar frio, leve cobertores pequenos ou sacos para dormir, que são ótimos, pois o mantém aquecido a noite toda. A Colibri tem vários modelos de ótima qualidade e super estilosos!

Para as refeições

Se o pititico já toma mamadeira, não esqueça de levar a fórmula em pó e também uma garrafa térmica pequena, para que você possa ferver a água e já levar para os passeios.

Não esqueça também do babador, potinhos e talheres, se a papinha já estiver na dieta. Aliás, a comidinha é outro item que você pode comprar durante a viagem pra deixar a mala mais leve.

Para os clicks

Por último, mas importantíssimo, a máquina fotográfica, ou celular com carregador e bastante espaço livre na memória. Você vai ter muitos momentos incríveis e vai querer registrar todos eles.

Que tal compartilhar com a gente marcando as redes sociais da Colibri?

 

Ah, mamãe! Essas foram as minhas dicas, tá? Agora é sua vez de compartilhar com as outras mamães! Conte pra nós: como você se prepara para uma viagem com o bebê? Quais são as maiores dificuldades? Como o seu bebê se comporta durante o trajeto da viagem? Compartilha aqui com a gente! <3

Boa viagem!



COMPARTILHE

Facebook Twitter Mail

COMENTE


« Voltar

Você também vai gostar de ler:

Pular para a barra de ferramentas