Palavrinhas de

mãe para mãe

Blog da Mamãe Colibri

Por que bebês choram tão alto ao nascer?

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on telegram
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Descubra o motivo por trás do barulho que os pequenos fazem ao chegar nesse mundo.

Logo quando nascem, os bebês encararam dois grandes desafios: medo e dor. O primeiro deles é desencadeado por estímulos que até então eram desconhecidos, como luz e frio. Já o segundo está relacionado com a alteração na respiração dos recém-nascidos.

Quando estão dentro do útero, os bebês não respiram, mas recebem oxigênio pelo sangue da mãe, por meio do cordão umbilical. Ao nascerem, eles experimentam uma sensação dolorosa ao abrir os pulmões e expulsar o líquido que estava dentro deles, trocando-o por oxigênio.

Alguns recém-nascidos podem demorar um pouco mais para chorar, o que pode ocorrer por vários motivos, como falta de oxigênio na hora do nascimento ou alguma má formação. Caso não emitam nenhum barulho, o pediatra pode realizar a chamada reanimação neonatal, retirando a secreção que eles têm na boca e no nariz e oferecendo oxigênio por meio de um tubinho.

Curiosidade: a frequência média do choro dos bebês pode chegar a 110 decibéis, tão alto quanto uma buzina de carro. Apenas 30 minutos de choro podem causar danos à audição de um adulto!

Fonte: Mamãe de Primeira Viagem, Diário do Grande ABC

Compartilhe suas experiências nos comentários dos artigos/vídeos e ajude outras mamães que passam pelas mesmas situações que você! #UnidasSomosMaisFortes

Receba nossos conteúdos por e-mail